Páginas vistas en total

27 ago. 2014

DISCOTHÈQUE

ROMEO, FÉLIX. Discothèque. [Discothèque]. Trad. Sarmento, Luís Felipe. Lisboa: Edições 70, 2010. ISBN: 978-972-44-1625-0.

Sinopse:
Discothèque é uma comédia negra e com múltiplas vozes, em que se confundem a sátira dos géneros, o melodrama telenovelesco, os fantasmas de Shakespeare e os conflitos familiares da tragédia clássica.       
Um ex-combatente da guerra do Sara Ocidental e o seu filho, Torosantos, que faz dupla artística com Dalila Love num espectáculo erótico que percorre as mais conhecidas discotecas rurais, são os protagonistas deste romance cuja acção decorre no dia e na noite de Reis. Carlitos Seral, um humorista que perdeu a graça e que actua num cabaré decadente; Ana Roche, antiga escritora de romances de amor e que se transformou numa vedeta da indústria pornográfica; Mr. Rule, bisneto de um dos principais divulgadores do protestantismo, que se dedica ao tráfico de compostos terapêuticos; Samblancat, piloto; Mercedes Ibarra, que podia ter sido uma estrela infantil como Rocío Durcal ou Pili y Milli e que agora é a gerente de uma pensão bolorenta; b. n. teach, especialista em Miguel de Molinos, um dos místicos mais maltratados pela Inquisição; Marcela, rainha de um peep show na província… eis alguns dos personagens secundários deste romance sombrio e divertidíssimo.           
Discothèque, o segundo romance de Félix Romeo, é o futuro imediato, o passado e um presente cujos limites se confundem.

Mais informação:


No hay comentarios:

Publicar un comentario